Textos em Inglês # 16 Lady Gaga e Príncipe Willian falam sobre doença mental

Olá, chegou a hora de aprender inglês e debater sobre um assunto muito importante.

Dá uma olhada nessa matéria publicada pela CNN.

Lady Gaga talks to Prince William about PTSD and mental illness

It was a FaceTime call. Like old time friends, Lady Gaga and Prince William opened up about mental health.
In a video released Tuesday, the pop star joined the Duke of Cambridge’s Heads Together, a campaign he leads along with the Duchess and Prince Harry to raise awareness on mental illness.
The stigmas or just plain fear, they said, stops many from opening up about their feelings.
“There’s a lot of shame attached to mental illness. You feel like something it’s wrong with you,” Lady Gaga said from her kitchen in Los Angeles.
The video, posted on the Royal Family’s Facebook page, is the newest film in the #oktosay series, which shows people from all walks of life discussing their own mental health challenges.
After sipping a cup of coffee, Lady Gaga, 31, praised the “beautiful stories” told in the films and talked about her own struggle living with post traumatic stress disorder.
“I should be so happy, but you can’t help it when in the morning you wake up, you are so tired, you are so sad, you are so full of anxiety and the shakes that you can’t barely think,” she told 34-year-old Prince William.
From his study in Kensington Palace, the prince emphasized how important it can be for someone to speak up.
“It’s time that everyone’s(sic)speaks up,” he told Lady Gaga. “Just having a conversation with a friend or family member can make such a difference.”
William asked Lady Gaga to join forces following the open letter she released through her Born This Way Foundation to reveal she has lived with PTSD after she was sexually assaulted at 19 years old.
The pair said they want to continue working together and focus on the youth. They made plans to have an October meeting in the UK.
The release of the video comes just days after Prince Harry revealed that he sought counseling four years ago to deal with the grief of losing his mother, Princess Diana.

Lady Gaga fala com o príncipe William sobre PTSD e doença mental

Foi uma chamada no FaceTime. Como velhos amigos, Lady Gaga e o príncipe William falaram sobre a saúde mental.
Em um vídeo divulgado na terça-feira, o pop star juntou-se ao Duke of Cambridge Heads Together, uma campanha que ele leva junto com a Duquesa e o Príncipe Harry para aumentar a conscientização sobre a doença mental.
Os estigmas ou simplesmente medo, disseram, impedem muitos de se abrir sobre seus sentimentos.
“Há muita vergonha ligada à doença mental. Você sente que algo está errado com você”, disse Lady Gaga de sua cozinha em Los Angeles.
O vídeo, publicado na página do Facebook da Família Real, é o mais novo filme da série #oktosay, que mostra pessoas de todas as esferas da vida discutindo seus próprios desafios de saúde mental.
Depois de beber uma xícara de café, Lady Gaga, de 31 anos, elogiou as “lindas histórias” contadas nos filmes e falou sobre sua própria luta vivendo com transtorno de estresse pós-traumático.
“Eu deveria ser tão feliz, mas você não pode ajudá-lo quando na manhã você acorda, você está tão cansado, você está tão triste, você está tão cheio de ansiedade e as batidas que você não pode pensar mal” Ela disse ao príncipe William, de 34 anos.
De seu estudo em Kensington Palace, o príncipe enfatizou o quão importante pode ser para alguém falar.
“É hora de todo mundo falar (sic)”, disse ele a Lady Gaga. “Só ter uma conversa com um amigo ou membro da família pode fazer essa diferença.”
William pediu a Lady Gaga para unir forças após a carta aberta que ela lançou através da Born This Way Foundation para revelar que ela viveu com PTSD depois que ela foi sexualmente abusada aos 19 anos de idade.
Os dois disseram que eles querem continuar trabalhando juntos e se concentrar na juventude. Eles fizeram planos para ter uma reunião em outubro no Reino Unido.
A liberação do vídeo vem apenas dias depois que o príncipe Harry revelou que procurou o conselho há quatro anos para tratar do sofrimento de perder sua mãe, princesa Diana.