Técnicas de memorização para o inglês

Olá, hello…

How are you today? Como você está hoje?

Eu estou muito bem, obrigado por perguntar. E hoje vou falar sobre um assunto que eu sei ser um grande problema para a maioria dos estudantes de inglês, e eu diria que até mesmo para a maioria da população em todos os assuntos possíveis. Afinal de contas, que nunca perdeu uma chave e depois não lembrava onde estava, não é mesmo?

Ou então, pior ainda… Quem nunca colocou feijão no pote de sorvete e esqueceu disso, depois abriu o pote achando que era sorvete e era feijão? hahaha… Eu sei que isso aconteceu com você, sim, não adianta negar.

Bom, quando ao esquecimento da chave e do pote de feijão, não posso fazer muita coisa… Mas, sobre o esquecimento das palavras e regras gramaticais do inglês, com certeza eu posso fazer. Ah, depois você vê se consegue aplicar essas mesmas dicas para o seu dia a dia, não é mesmo?

Eu resolvi falar sobre esse assunto hoje pois eu sei que é algo bem difícil para as pessoas e algo que até mesmo faz as pessoas deixarem de ser fluentes no inglês pois ficou muito tempo sem praticar. Se você é uma dessas pessoas, tenho uma notícia boa para te dar…

Eu diria que aprender inglês pode ser como andar de bicicleta, a gente nunca esquece. O que acontece é que você deixa de praticar, então, quando volta a praticar, precisa de um tempinho para que seu cérebro lembre de tudo que você aprendeu tempos atrás. Então, dê tempo ao tempo que logo mais você irá lembrar de tudo certinho.

Sendo assim, se você quer aprender técnicas de memorização do inglês, você precisa ler esse post até o final. Porém, como hoje é sábado, eu vou fazer o que sempre faço aqui no blog nesse dia… a revisão dos posts da semana.

Faço isso todos os sábados pois sei que, apesar de eu não indicar isso, tem muitas pessoas que usam só o sábado para estudar inglês. Eu não indico isso pois, ao menos no meu ponto de vista, o ideal é que você tenha contato diário com o inglês.

Porém, na correria do dia a dia eu sei que muita gente usa como desculpa a falta de tempo. Então, meu objetivo aqui é acabar com todas as suas desculpas para não estudar inglês… Então, vamos lá para a revisão?

Revisão dos post da semana

Como eu disse antes, meu objetivo agora é fazer uma revisão dos posts que eu publiquei nessa semana. Todos eles foram feitos pensando nas dificuldades que você, estudante de inglês, passa no dia a dia.

São dicas que eu dou em cima do que eu passei, ao aprender os 5 idiomas em que sou fluente, e que também vejo meus alunos passando e superando todos os dias (inclusivo meus lindos filhos, pois também ensinei inglês para eles).

Sendo assim, pode ter certeza que todas elas são ótimas e tem tudo para dar certo com você também. Vamos lá…

Como se diz “Entre Outras Coisas” em inglês?

Essa é uma série de adoro fazer, pois são termos que muitos brasileiros usam e que às vezes não tem uma tradução literal para o português.

Sendo assim, meu objetivo com essa série de post, é te ensinar como dizer em inglês algumas expressões bastante utilizadas, tanto no inglês, quanto no português.

É o exemplo da frase de hoje, que é muito usada nos dois idiomas. Quer saber como dizer “entre outras coisas” em inglês? Então, dá uma olhada nesse post:

Como se diz “Entre Outras Coisas” em inglês?

Aprender Inglês com Seriados # Anne with E

Não é novidade para ninguém que o Netflix virou febre mundial, não é mesmo? Tem uma festa super famosa aí no Brasil, que é o carnaval, e eu sei que muita gente usa esse período para botar as séries e filmes em dia, não quer nem saber de folia.

Então, eu criei essa outra série de posts dando dicas de série para você assistir e aprender inglês. A dica de hoje é a série Anne with E, uma série linda e que vai fazer você refletir sobre vários assuntos bem importantes. Vale a pena assistir.

Aprender Inglês com Seriados # Anne with E

BATALHA DE INGLÊS 1: Michel Teló VS Luan Santana – Quem Ganha?

Seguindo a linha de que é possível aprender inglês se divertindo, eu resolvi fazer esse post, onde comparei o sotaque do Michel Teló com o de Luan Santana.

Eu sei que brasileiro adora reparar no sotaque dos outros, não é mesmo? Então, nessa série de posts eu vou compartilhar com vocês a minha percepção sobre a pronúncia de alguns famosos e fazer uma comparação para ver quem ganha.

É um jeito divertido de você aprender a pronúncia certa de algumas palavras no inglês.

Quer se divertir e aprender inglês? Então, leia esse post:

Aprender Inglês Online com Vídeos #CNN News

Tá na hora de você ficar atualizado com as notícias do mundo e ainda aprender inglês, é um combo bem legal, não é mesmo?

Se você quer ter acesso a isso, então está na hora de ler esse post, onde compartilho com você um vídeo da CNN e ainda faço uma tradução do que eles estão falando (mas só vale ler a tradução depois de ver o vídeo em inglês, combinado?).

Aprender Inglês Online com Vídeos #CNN News

Conheça os principais falsos cognatos no inglês

Você sabe o que são falsos cognatos? Se não sabe, vou te explicar… São palavras que até são parecidas nos idiomas diferentes, mas na verdade elas não tem a mesma tradução.

E, por causa disso, muitas pessoas acabam traduzindo do jeito errado e fazendo muito besteira na hora de falar inglês.

Por isso, se você não quer passar por isso ( e eu imagino que não queira), está na hora de você dar uma lida nesse post:

Conheça os principais falsos cognatos no inglês

Pergunte ao gringo: “Como Usar o DO em Inglês”

O verbo to do é um dos principais no inglês e, por causa disso, é também um dos mais usados no nosso idioma. Sendo assim, ele é muito importante para os que estão aprendendo a falar inglês, pois faz parte de diversas frases.

Então, eu resolvi responder essa dúvida em um dos posts aqui do blog, afinal de contas, falar inglês errado ninguém merece, não é mesmo?

Por isso, se você quer aprender a usar o verbo to do em inglês, está na hora de ler esse post:

Pergunte ao gringo: “Como Usar o DO em Inglês”

Texto em inglês # Taylor Swift’s new music video: A guide to what it all means

Tem muito artista que gera a maior discussão cada vez que lança uma nova música, não é mesmo?

Esse é o caso de Taylor Swift no lançamento do seu novo videoclip, que inclusive precisa de tradução, de explicação e tudo mais o que tiver direito.

Então, se você quer aprender inglês e entender um pouco melhor sobre o que aconteceu nesse videoclip, dá uma olhada nesse post:

Texto em inglês # Taylor Swift’s new music video: A guide to what it all means

O que é inglês instrumental?

Não, não estou falando sobre inglês de instrumentos musicais. Pode até parecer, mas nem tudo que parece é. E esse é um caso bem assim… que parece, mas não é.

Inglês instrumental é um tipo de inglês que pode mudar a sua vida, te dar acesso a melhores oportunidades de emprego, de vida… enfim!

É um inglês que você precisa conhecer e para fazer isso, basta acessar o esse post:

O que é inglês instrumental?

Aprender Inglês com Música #Run For Cover

É tão bom quando a gente consegue ouvir uma boa música, não é mesmo? Ainda mais quando a gente consegue juntar o útil ao agradável, ou seja, aprender inglês ouvindo uma boa música.

É o caso da dica que eu tenho para compartilhar com vocês nesse post, onde além de aprender inglês, você vai escutar uma das músicas mais tocadas no Brasil. Dá uma olhada nela e aproveite para curtir ela do jeito que você achar melhor (cantando no chuveiro, dançando na rua e por aí vai):

Aprender Inglês com Música #Run For Cover

Ex Presidente Lula É Condenado a 9 Anos de “Escola de Inglês?”

Ah, eu resolvi entrar nessa discussão e falar sobre a condenação do ex-presidente Lula. Você deve saber que ele foi condenado a 9 anos e meio de prisão, não é mesmo?

Então, o que será que esse assunto tem a ver com escola de inglês? Leia esse post e descubra… Eu adorei escrever sobre esse assunto.

Ex Presidente Lula É Condenado a 9 Anos de “Escola de Inglês?”

E assim terminamos a nossa revisão dos posts dessa semana, o que achou? Tem vários posts bem bacanas, não é mesmo. Espero que você tenha aprendido várias coisas boas e chegado ainda mais perto da sua fluência no inglês. Não sei se você sabe, mas esse é meu grande objetivo de vida… Fazer com que o máximo de brasileiros sejam fluentes no inglês.

Não tenho dúvidas que esse país que eu tanto amo terá acesso a melhores oportunidades de emprego, de vida, e etc, etc, se souberem falar inglês. Não porque inglês é a melhor língua do mundo, mas porque é uma língua universal e também uma língua do mundo dos negócios. Sendo assim, é muito importante que você saiba falar ela, para poder se comunicar com o mundo.

E, falando nisso, em te ajudar a falar inglês, vamos então falar sobre o assunto do post de hoje? Que é técnicas de memorização para o inglês… Vamos lá!

Técnicas para memorizar o inglês

Eu já escutei vários relatos de pessoas que resolvem ir para um outro país estudar inglês e em poucos meses voltam fluentes, até com dificuldade de lembrar das palavras no português. Porém, depois de pouco tempo, já não lembram de muita coisa do inglês que aprendeu antes.

Bom, isso é bem mais comum do que você imagina e hoje vou compartilhar algumas técnicas para você colocar em prática e não deixar isso acontecer na sua vida.

Porém, a primeira coisa que eu quero comentar contigo sobre esse exemplo que te dei é que você não precisa ir até outro país para ser fluente no inglês. Muitas pessoas fazem isso por acreditar ser essa a maneira mais fácil para aprender inglês, e eu vou te dizer que não é.

Já imaginou você estar em outro país sem saber como pedir uma comida? Pedir a indicação de como chegar em algum lugar? Sem saber se comunicar com as pessoas que ali moram? Tenho certeza que isso não é nada fácil! Por isso, antes de ir morar em um país para aprender inglês, minha indicação é que você já tenha um certo nível de fluência no inglês.

E não só para conquistar, quanto para manter essa fluência, você vai precisar das dicas de técnicas de memorização que eu vou compartilhar com você agora.

Processo de repetição

Você já imaginou se nosso cérebro guardasse todas as informações que nós vimos apenas uma vez? Dependendo do ponto de vista, isso seria o máximo… Afinal de contas, não precisaríamos investir tanto do nosso tempo estudando inglês, por exemplo.

Mas, por outro lado, seria horrível guardar tão claro na nossa mente todas as informações que recebemos diariamente das roupas que vestimos, que os outros vestem e etc. Sabe por que? Pois essas são informações inúteis para a gente.

E é exatamente por saber disso que o nosso cérebro grava apenas as informações que ele mesmo julga importante, como por exemplo o dia do aniversário da sua mãe, ou o dia no aniversário de namoro. Aí as namoradas se desesperam pois, caso os namorados tenham esquecido essa data, é porque o cérebro deles não julgam isso importante. Bom… não é esse meu foco aqui, mas não poderia perder a piada, não é mesmo?

E olha como nosso organismo é perfeito, não é mesmo? Nosso cérebro tem um mecanismo para identificar as informações que são mais importantes e as informações que não são tão importantes assim.

É dessa forma que ele sabe que deve guardar a data de aniversário de alguém importante, e não precisa memorizar o que você comeu no café da manhã do dia anterior. E aí também cai por terra uma desculpa que as pessoas usam quando esquecem alguma coisa: “eu não lembro nem o que eu comi no café da manhã de ontem, imagina isso…”.

Bom, é normal você não lembrar de primeira o que comeu no café da manhã do dia anterior, sabe porque? Pois o cérebro julga que isso não é importante… e vamos combinar, não é mesmo, né?

E nesse ponto o nosso cérebro acertou, porém nem sempre ele acerta quando o assunto é guardar algo importante. Por isso, nós precisamos aprender a ensinar ao nosso querido cérebro o que nós consideramos importante para ele guardar, e o que não é tão importante.

E sabe como a gente consegue fazer isso? Através da repetição. E é aí que entra o grande segredo da memorização do inglês, afinal de contas, para memorizar alguma coisa, você precisa ter contato com ela, ou seja, ter a repetição.

Para que você consiga conquistar essa memorização através da memorização, muitas pessoas acham que o caminho ideal é pendurar frases prontas em vários lugares até você decorar aquilo que está escrito nesse lugar.

Apesar dessa técnica ter a sua taxa de sucesso, eu não diria para você ficar dependendo dela. Afinal de contas, um bom jeito de você conseguir ter muito contato com o idioma, ter essa repetição, é através da prática, ou seja, assistindo um filme, ouvindo uma música ou falando com alguém em inglês.

Mas, se você achar que as técnicas de repetição são uma boa para você, minha dica é para que comece a usar o Anki. Ele é um aplicativo bem conhecido que vai te ajudar a repetir as frases que você tem mais dificuldade e parar de te mostrar aquelas que você já aprendeu.

Eu já falei um pouco sobre ele nesse post: Aprendendo Inglês Com Aplicativos.

Se você ficou interessado ou interessada em aprender mais sobre ele, é só dar uma olhada nesse post. Porém, se você quer aprender inglês de um jeito, digamos, mais orgânico, mais natural, a dica que eu te dou mesmo é para você praticar.

Tenha contato diário com o inglês, pelo máximo de tempo que puder. Leia livros em inglês, veja filmes em inglês e sem legendas, escute músicas e podcasts em inglês. Vale até mesmo aprender a cantar essas músicas e cantá-las onde você estiver, nem que seja apenas na hora do banho.

Vale também você montar um grupo de conversação, ler os posts do meu blog todos os dias, montar um grupo que vai cozinhar as receitas em inglês… Enfim, com criatividade não tenho dúvidas de que você vai longe e conseguirá aprender inglês das formas mais diversas e divertidas. Sem esquecer, é claro, da repetição.

Eu percebo também que muitas vezes o que impede o brasileiro de falar inglês é a vergonha de falar errado. Não tem problema nenhum nisso… Nós americanos não somos esses tiranos que muitas vezes as pessoas acham que somos. Não tenho dúvidas de que, se você falar algo errado, nós até vamos te corrigir, mas com o objetivo de te ajudar no aprendizado de inglês, e não de te dizer que está errado e que você não sabe nada do nosso idioma.

Por isso, acredite em você mesmo, acredite que você pode sim falar inglês, que você pode ser fluente no idioma e que errar faz parte. São os erros que vão te ensinar o caminho certo, te guiar nessa direção.

Então não tenha medo de errar, pratique sempre que puder. Quanto mais você praticar, mais você irá repetir o que aprendeu, além de aprender coisas novas. Então, se quiser usar o Anki para te ajudar a memorizar as palavras e regras gramaticais, fique a vontade. Se quiser pendurar cartazes na sua casa te lembrando de alguns assuntos, assim como os vestibulandos fazem na hora de estudar para o vestibular, faça também.

Mas, nenhuma dessas técnicas anula a mais importante de todas: a prática do inglês. É ela que, de verdade, irá te fazer fluente no inglês, irá te deixar seguro para falar tudo que aprendeu, e irá te ajudar a memorizar as frases e palavras mais importantes.

Então, essa é a dica que eu tinha para te dar hoje. Espero que você tenha gostado e também tenha ficado com vontade de compartilhar esse post com os seus amigos. Então, bora compartilhar esse conhecimento e essa bandeira com os seus colegas que também estão estudando inglês?

Às vezes ficamos tão preocupados em memorizar isso e aquilo que esquecemos que o inglês é algo vivo, dinâmico, diário e que a melhor forma de aprendermos ele é através da prática. Então, foco na prática, ok? Se os seus amigos estão preocupados demais com essas milhares de técnicas que as pessoas espalham por aí, tá na hora de compartilhar esse post com eles.

Mais uma vez, muito obrigado pela sua companhia e por acompanhar sempre os posts do meu blog. Para mim é uma alegria poder contar com a sua presença.

E, se tiver alguma dúvida sobre os estudos de inglês, conte comigo! Faça sua pergunta aqui nos comentários e, quem sabe, você é a próxima pessoa que terá a pergunta respondida na série de posts “pergunte ao gringo”, não é mesmo?

Por hoje é isso, abraços e até mais!

Bye, bye…