Preposições em Inglês # 1 – Tempo / Lugar

Hello my friends!

Hoje quero falar um pouco sobre gramática.

Preposições em Inglês # 1 - Tempo Lugar

Sim, eu sei… Gramática é a parte mais chata de estudar um novo idioma.

Porém, uma coisa é certa: tudo depende da maneira como você estuda!

Eu já falei sobre isso em outras ocasiões aqui no blog, para que os seus estudos sejam efetivos e você atinja a fluência rapidamente, o inglês não pode ser uma obrigação. Você precisa se divertir enquanto estuda!

O assunto de hoje, é considerado por algumas pessoas, um pouquinho tricky (complicado): preposições em inglês!

Na verdade, não é tão complicado, porque vemos as preposições muitas vezes em muitas frases, e

com a vivência no inglês elas entram em nossa mente quase que automaticamente.

Acompanhem comigo:

Preposições em inglês de lugar

As preposições de lugar, em geral, são bem similares ao português, o que facilita bastante na hora de estudar. A coisa só mudam um pouco quando temos que lidar com o inon e at.

Preposições em Inglês # 1 - Tempo Lugar

As preposições de lugar mais simples são:

  • on – em cima
  • under – embaixo
  • behind – atrás
  • between – entre ( usado para algo que está posicionado entre duas coisas)
  • in front of – na frente

Aqui é importante ressaltar o uso de in front of quando estamos numa rua.

Se você disser que está “in front of the bank”, isso significa que você está na mesma calçada.

Se você quer dizer que está na frente do banco, mas do outro lado da rua, deve dizer: “I’m opposite the bank”.

  • next to – ao lado de
  • near – perto, próximo

Cuidado com esses dois últimos que costumam ser facilmente confundidos. Se você está exatamente ao lado de alguém ou algo, deve usar next to. Exemplo: I am sitting next to Paul. (Eu estou sentado ao lado de Paul.)

Porém, se você estiver sentado próximo a algo ou alguém, mas não necessariamente ao lado, irá dizer: “I am sitting near the window.” (Eu estou sentada próximo à janela.)

OBS: Como eu sempre digo isso são detalhes, se você falar uma preposição errada, vai ser entendido e se estiver com um amigo ele provavelmente vai gentilmente explicar para você o seu pequeno engano.

É importante você entender que para comunicação acontecer você só precisa ser entendido, e com o tempo e a prática no inglês irá aperfeiçoando seu inglês com exemplos diários.

Para finalizar, temos outros exemplos de preposição do in, on e at.

Embora em geral, in = dentroon = em cima, nem sempre é assim quando estamos falando da localização espacial de algo ou alguém e, para completar, não existe uma regra específica para o seu uso.

Para tentar ajudar os meus alunos eu sempre explico que o in em geral é para uma áreas fechadas:

  • She is not here, she is in her room. (Ela não está aqui, ela está no quarto dela.)

Contudo, dizemos “on the train”, “on the bus” e “on the airplane”. Apesar de dizermos “in the car”.

On é mais usado para lugares abertos: on the farm, on the beach, por exemplo. E at é usado quando  nos referimos a um lugar como um ponto de referência. Exemplo:

  • I’ll meet her at the airport. (Vou encontrá-la no aeroporto.)

Preposições em inglês de tempo

Preposições em Inglês # 1 - Tempo Lugar

Elas são as mesmas que usamos para falar da localização de algo: “in”, “on” e “at”, mas as regras para as preposições de tempo são mais claras e bem definidas.

Vamos a elas:

IN – usamos o in para meses, anos, séculos e longos períodos.

  • Her birthday is in April. (O aniversário dela é em abril.)
  • My daughter was born in 2011. (Minha filha nasceu em 2011.)

ON – usamos o on para dias da semana e datas.

  • The meeting is on July 15th. (A reunião é em 15 de julho.)
  • The party is on Saturday. (A festa é no sábado.)

AT – usamos o at para as horas e ao falar de um tempo exato.

  • The class starts at 8 o’clock. (A aula começa às 8 horas.)
  • I usually read a book at bedtime. (Eu normalmente leio um livro na hora de dormir.)

Continue acompanhando as dicas aqui no blog e você vai adquirir cada vez mais conhecimentos sobre a língua inglesa.

Se você tem dificuldade em pensar, falar ou entender inglês, eu tenho um convite para fazer!