Melhores Documentários para Aprender Inglês

Olá, hello!

How are you today? Como você está hoje?

Preparado para mais um post que irá te ajudar a aprender inglês de um jeito fácil, divertido e rápido? Pois é esse meu objetivo em cada um dos posts que eu escrevo para você…

Claro que o fácil, rápido e divertido é relativo para cada um de nós. O que é rápido para mim, pode não ser rápido para você, por exemplo. Por isso, eu sempre digo que é muito importante você se conhecer, saber quais são os seus limites e focar em se manter motivado sempre.

Isso falando sobre o tempo né… Mas, quando o assunto é diversão, a mesma premissa também é valida. O que é divertido para você, pode não ser divertido para mim.

Por isso, eu sempre faço vários posts sobre diferentes assuntos aqui no blog, na tentativa de falar pelo menos sobre uma coisa que você gosta. Eu compartilho dicas de séries, de músicas, textos, e até mesmo receitas. Tudo isso para fazer com que você aprenda inglês de um jeito divertido, o que impacta diretamente na facilidade e no tempo em que você ficará fluente em inglês.

Além disso, também compartilho alguns posts de vocabulários sobre assuntos bem diferentes um do outro. Dá uma olhada neles:

E tem muitos outros aqui no blog. Se for do seu interesse, é só procurar. Tenho certeza que você vai achar bastante conteúdo interessante…

E, outra forma de aprender inglês, é vendo os documentários disponíveis na internet. Inspirado nesse tema, é que resolvi escrever o post de hoje. Por isso, vou falar para você hoje aqui nesse post sobre 5 documentários que vale muito a pena você assistir para aprender inglês e muitas outras coisas…

Porém, antes de falar sobre esses documentários, eu quero te convidar para fazer algo muito importante, algo que vai impactar diretamente na sua fluência de inglês.

Não sei se você sabe, mas todos os dias eu publico posts novos aqui no blog. Eu faço isso pois eu considero muito importante que você tenha uma rotina de estudo, de contato com o inglês. Se você todos os dias ler os posts que eu publico aqui no blog, isso já é uma ótima maneira de melhorar a sua fluência em inglês.

Mas, se você não consegue fazer isso, não tem problema, mas sim solução. Pois comigo é assim… você vem com um problema, e eu te arranjo uma solução. O que não vale e ficar desmotivado para o estudo de inglês…

Então, para você que não consegue acompanhar todos os posts da semana, minha sugestão é que ao menos os posts de sábado você consiga acompanhar. Pois é nesse dia em que eu faço uma revisão dos posts da semana, e aí você vai ter contato com muitas dicas importantes para melhorar a sua fluência no inglês.

E sabe porque eu disse que isso pode impactar diretamente na sua fluência de inglês? Pois a rotina é algo muito importante inclusive para o aprendizado de inglês. Então, se você quiser estabelecer uma rotina para isso, minha sugestão é começar a acompanhar as minhas postagens aqui no blog diariamente, ou ao menos semanalmente.

Era isso que eu tinha para te dizer… Agora você está pronto para começarmos a revisão das postagens da semana. Vamos lá?

Revisão das postagens da semana

Então, vamos começar a revisão dos posts da semana… Eu vou passar um por um e te fazer uma pequena explicação do que você encontrará em cada um deles.

Vamos lá…

Vamos aprender os cargos profissionais em inglês

Digamos que você está procurando cargo no exterior, como saber se aquela vaga que você gostou é realmente algo que condiz com a sua experiência e conhecimento? Será que está muito acima ou muito abaixo do que você procura? Do que tem competência?

Para saber tudo isso, é muito importante saber quais são os cargos profissionais em inglês… E, na verdade, pelo que eu sei, não para de crescer aí no Brasil a quantidade de empresas que usam nominações em inglês para os seus cargos. Então, mesmo que você esteja procurando emprego no Brasil, é importante você saber quais são os cargos em inglês.

Vamos aprender os cargos profissionais em inglês

Receita em inglês #8 Massa de Panqueca

Já que o assunto do post de hoje é sobre aprender inglês com documentários, vale também lembrar que é possível aprender inglês de outras formas. E uma delas é através da culinária.

Então, se você gosta de cozinhar e quer aprender uma receita em inglês, é só dar uma olhada nesse post aqui:

Receita em inglês #8 Massa de Panqueca

6 Expressões com “Check”

Existem várias formas de se falar usando a palavra check em inglês, ela é uma palavra-chave para muitas coisas. Então, se você quer melhorar o seu vocabulário e a sua fluência em inglês, precisa dar uma olhada nesse post:

6 Expressões com “Check”

Qual a diferença entre bring e take?

Assim como no português, no inglês também tem muitas palavras que parecem ser iguais, mas não são. E é para falar sobre elas que eu criei essa série de posts, falando sobre qual a diferença entre palavras que parecem ser iguais ou não.

Por isso, nesse post eu vou falar sobre a diferença entre bring e take, duas palavras que parecem ser iguais, mas não são.

Qual a diferença entre bring e take?

Aprenda como adicionar ênfase no inglês

Tem algumas palavras no inglês que a gente quer dar uma ênfase na frase, não é mesmo? Por isso, eu resolvi escrever esse post e te ajudar nesse assunto…

Se você quiser saber mais sobre como adicionar ênfase nas suas falas em inglês, é só dar uma olhada nesse post:

Aprenda como adicionar ênfase no inglês.

Aprender Inglês com Seriados #17 Luke Cage

Aprender inglês vendo séries, como já disse anteriormente, é uma ótima forma de aprender inglês. Por isso, eu fiz essa outra série de post.

E, nesse post que estou compartilhando com você agora, eu falei sobre a série “Luke Cage”, que é um spin off de outra série do Netflix e que tem feito muito sucesso.

Se você gosta das histórias da Marvel, tá na hora de você dar uma olhada nesse post:

Aprender Inglês com Seriados #17 Luke Cage

Saiba como falar de transportes em inglês

Digamos que você está querendo ir de um local para o outro, enquanto está num país que tem como idioma nativo o inglês. Como você falaria sobre transporte com essas pessoas?

É para resolver essa questão que escrevi esse post. Então, se ficou curioso e não quer mais falar errado sobre esse assunto, dá uma olhada no post:

Saiba como falar de transportes em inglês

Como se diz em inglês #23 Olha a boca

Tem várias expressões no inglês que, se a gente não souber bem o significado dela, a gente traduz literalmente e fica sem entender o contexto.

É o que acontece com algumas das expressões que eu compartilho com você na série “como se diz em inglês”. E a expressão da vez é “olha a boca”.

Será que a tradução dela é literal ou então tem algum outro jeito de expressar isso em inglês?

Se ficou curioso ou curiosa para saber, dá uma olhada nesse post:

Como se diz em inglês #23 Olha a boca

Descubra quando o MUST não é verbo

O must é muito conhecido como um verbo modal, porém essa não é a única forma em que ele pode ser usado. Por isso, resolvi falar sobre esse assunto no post que estou compartilhando agora com você.

Saber os outros momentos em que o must pode ser usado, também vai abrir o seu leque de opções de frases e aprimorar o seu nível de inglês. Mas esse é um post para você que está começando a estudar inglês também, ok?

Vale muito a pena dar uma lida nele. Veja nesse link:

Descubra quando o MUST não é verbo

Aprender Inglês Online com Vídeos #18 About Sandwich

Você já parou para se questionar sobre a origem do sanduíche? Tá bom, isso pode não ser um assunto tão relevante e que nem passa pela cabeça das pessoas… Mas, tenho certeza que esse pode ser um ótimo motivo para te incentivar a aprender inglês.

Afinal de contas, imagino que são poucas as pessoas que não gostam de um sanduíche… Ainda mais atualmente que tem todas as opções possíveis, vegetariano, com peixe, carne, frango…. enfim.

Então, se ficou curioso ou curiosa para aprender inglês estudando um pouco sobre a origem do sanduíche, está na hora de você ler esse post aqui:

Aprender Inglês Online com Vídeos #18 About Sandwich

E esses foram os posts dessa semana… O que achou, gostou?

Como disse no início do post, meu conselho para você é que comece a acompanhar diariamente todos os conteúdos que eu produzo aqui no blog. Essa é uma ótima forma de estabelecer uma rotina de estudo de inglês, sem tomar muito tempo do seu dia… Afinal de contas, em poucos minutos você pode ler todo o post.

E, falando em conteúdo, chegou a hora de falarmos sobre o assunto que eu me propus a falar com você nesse post…. os 5 documentários em inglês para você aprender o idioma.

Sugestão de 5 documentários para aprender inglês

Então, para ficar mais fácil, vou falar um por um de cada documentário que eu tenho para te indicar.

Dá uma olhada neles…

Fearless

Essa é uma série especial do Netflix que conta a história de peões brasileiros que correm o mundo atrás de uma vida melhor. Alguns deles se dão muito bem fazendo isso…

Com foco nas cidades de Barretos e Las Vegas, onde ocorrem os maiores campeonatos e ponto de circulação de peões, a série foi lançada já faz um tempo no Netflix e tem feito sucesso principalmente entre pessoas que são amantes desse assunto.

Com essa série, você vai aprender vocabulários relacionados ao mundo da fazenda e da montaria. Ficou interessado em ver o trailer? Então, é só apertar o play:

I’m Not Your Guru

Esse é um documentário que conta um pouco do trabalho de Tony Robbins, um coach e palestrante americano que tem feito grandes mudanças nas vidas das pessoas que passam pelo seu caminho. Um deles, inclusive, foi Barack Obama.

Esse é um tipo de documentário que vale assistir várias vezes, pois com certeza você vai aprender muito cada vez que assistir – e não estou falando apenas do inglês, estou falando de aprendizados para a vida.

Inclusive, o evento que eles mostram nesse documentário é aberto ao público e você pode participar. É uma grana bem alta, mas você pode participar. Teve uma brasileira que investiu tudo o que tinha para participar desse evento e se deu bem… Você vai conhecer melhor a história dela nesse documentário.

E, se você está interessado em aprender vocabulários do dia a dia, e até mesmo um pouco voltado para o profissional, esse é o documentário ideal.

Dá uma olhada no trailer:

Making a Murderer

Você já imaginou ser condenado injustamente por abuso sexual? E, por causa disso, ter que ficar 18 anos na prisão?

Foi o que aconteceu com o personagem principal dessa história, que também é um especial do Netflix. Falo personagem principal, mas como é um documentário, essa é uma história real, inspirada no preso Steven Avery.

Após a série, que virou febre logo no seu lançamento, a Casa Branca recebeu inúmeras cartas pedindo para que ele seja perdoado.

Sendo assim, esse documentário conta a história real de Steven e sua saga em provar que é inocente no crime em que ele foi acusado.

Para quem se acostumou a ver séries retratando o quanto o sistema judiciário dos Estados Unidos é eficiente, esse documentário é um choque de realidade e também mostra um outro lado em que o mundo não está acostumado a ver sobre os Estados Unidos.

Quer saber mais sobre a série? Então, assista ao trailer:

Hip Hop Evolution

Como o próprio nome do documentário diz, você vai aprender nesse documentário sobre a evolução do hip hop. Tem muitas pessoas que amam esse estilo musical, por isso, se você for um deles, com certeza vale a pena assistir cada minuto desse documentário.

Outro ponto importante a ser dito sobre ele é em relação ao vocabulário, que tem um sotaque bem diferente do que estamos acostumados. Sabe quando no Brasil no sul as pessoas falam de um jeito e no nordeste falam de outro? Nos Estados Unidos também temos isso…

Então, o sotaque dessa série é diferente do habitual, além do que tem gírias e afins mais focados nos termos usados pelos afrodescendentes.

Quer saber mais sobre a série? Dá uma olhada nesse trailer aqui:

13th

Esse é outro documentário muito interessante, e que vale a pena você assistir. Assim como no caso do “Making a Murder”, ele desconstrói a visão do sistema judiciário que outras séries mostraram para o mundo sobre os Estados Unidos.

Para você ter uma noção, 5% da população mundial e 20% da população carcerária encontra-se dentro dos Estados Unidos. É muita gente…

Ele inclusive foi um documentário lançado em 2016, dirigido por Ava DuVernay e escrito por DuVernay e Spencer Averick.

Quer saber mais sobre ele? Então, assista ao trailer:

Então, esses são os documentários que eu tenho para te indicar. Lembrando que vale a pena você assistir um deles, vários deles ou todos eles… O quanto você se interessar e o quanto você puder.

Porém, para aprender inglês vendo eles, é muito importante que você consiga assistir sem ter legenda e com o áudio em inglês.

Se isso for algo muito difícil para você nesse momento, não tem problema começar com legenda em inglês, ou até mesmo a legenda em português e você prestando atenção no áudio que está sendo falado durante o documentário.

Mas, o que não vale é você assistir apenas com o áudio em inglês e a legenda em português, senão você não vai praticar tanto quanto poderia o seu inglês.

E eu sempre falo da prática do inglês como algo importante, mas não esqueça que a teoria também é muito importante. As duas devem andar lado a lado…

Tem escolas, principalmente as antigas, que primam muito pela teoria… Nelas, você tem que ficar anos estudando inglês para só depois disso sair praticando. Eu acho isso muito errado e acaba atrasando o seu aprendizado de inglês. Afinal de contas, a teoria sendo colocada em prática é um jeito de você também memorizar tudo que estudou.

Eu acredito que essas escolas que primam apenas pela teoria, devem ser escolas que foram até os Estados Unidos e trouxeram para o Brasil o modo como os americanos estudam inglês. Só que, levando em consideração que você não é falante de inglês ainda, isso não tem a mesma valia.

Por isso, sempre quando você for estudar inglês, lembre do que eu falei aqui: é muito importante você equilibrar o aprendizado de inglês, ou seja, equilibrar a prática e a teoria.

E, se eu fosse aprofundar um pouco mais sobre o tema, o que eu vou fazer, é muito importante também que você equilibre não só a teoria com a prática, como também as formas de se praticar o que você aprendeu. O que eu quero dizer com isso?

Quero dizer que você deve equilibrar a escrita, com a fala, com a leitura e com a audição. Todos eles são importantes para a sua fluência.

E, se você quiser treinar tudo isso a partir dos documentários que eu indiquei para você, uma dica que eu te dou é escrever uma resenha sobre o documentário. Mas, claro que a resenha deve ser em inglês, não é mesmo? Pois se for em outro idioma o nosso propósito não será cumprido… que é de estudar inglês.

Além disso, vale a pena você assistir o documentário com outras pessoas em que você possa discutir sobre ele em inglês. E, se você não tiver essa pessoa, vale a pena acessar fóruns e sites especializados em documentários e séries e que discutem esse assunto em inglês.

Enfim, o que eu quero dizer é que formas de praticar inglês não faltam… O que a gente precisa mesmo é abrir nossa mente e perceber que não são apenas os modos tradicionais que nos fazem melhorar nossa fluência em inglês.

Por isso, se você tiver alguma ideia de como praticar o seu inglês, alguma ideia criativa de fazer isso, é só colocar em prática. Tenho certeza que qualquer esforço vai valer a pena, ainda mais quando é algo que você criou, em cima do que você conhece de você mesmo e das suas necessidades.

Então, por hoje é isso… Espero que você tenha gostado do post de hoje e tenha usado ele não só para ver os posts que eu publiquei essa semana, não só para ver as dicas de documentários que eu dei, mas também para refletir um pouco sobre como você pode aprimorar as suas estratégias para aprender inglês e chegar na fluência do idioma mais rápido do que você imagina.

E, já sabe né? Se precisar de mim nessa jornada, é só chamar. Se quiser fazer alguma pergunta aqui no blog, fica à vontade. Eu posso me inspirar nela e até mesmo fazer um post aqui no blog apenas para responder a sua pergunta… Adoro fazer isso, pois é um conteúdo focado em cima da dúvida que pessoas que me acompanham tem.

Ah, se você gostou desse conteúdo, não esqueça de compartilhar com os seus amigos, combinado? Tenho certeza que eles vão adorar saber que você lembrou deles e também ter acesso ao conteúdo que eu produzi…

Abraços e até mais!

Bye, bye… See you!