Kevin eu Tenho dificuldade de Aprender Inglês, me ajuda?

Olá pessoal, hello everyone…

How are you today? Como você está?

Final do ano chegando e tem muita gente começando a pensar nas metas para 2017 e também pensando nas metas que fez para esse ano, se conseguiu conquistá-las ou não…

Além de emagrecer, trocar de carro, fazer uma viagem, por exemplo, muitas pessoas colocam como meta ser fluente em inglês.

Você colocou ser fluente em inglês como meta  para 2016 também? Conseguiu alcançá-la?

Bom, se você já está me acompanhado faz um tempo, espero ter te ajudado a conquistar esse objetivo…

E se você chegou agora, pode contar com a minha ajuda para conquistar a sua fluência no inglês.

Caso não saiba, sou fluente em 5 idiomas diferentes e todas as dicas que dou aqui no blog foram testadas e aprovadas por mim e meus milhares de alunos…

Então, pode confiar!

E, se a sua meta é aprender inglês, a minha meta de vida é ajudar os brasileiros a serem fluentes no inglês… Esse é meu grande propósito, minha grande missão.

Por isso, todos os dias me esforço para trazer para você dicas, insights, responder dúvidas, enfim, tudo que te ajude a ficar fluente no inglês o mais rápido, fácil e prazeroso possível…

Aprender inglês hoje em dia já não é mais um diferencial, e sim uma obrigação.

Seja para poder ter melhores oportunidades de trabalho, conseguir saber o que está acontecendo no mundo ou até mesmo realizar o sonho de conhecer alguma cidade ou país que gosta muito…

Não importa o seu motivo, o que a gente sabe é que tem muita gente colocando a fluência de inglês como meta na virada do ano, pois sabe da importância que tem colocar esse idioma na sua vida.

Porém, apesar de saber da importância, do quanto isso pode mudar a sua vida, muitos brasileiros têm muita dificuldade em aprender inglês e acabam desistindo no meio do caminho…

Sabe porque os brasileiros têm dificuldade em aprender inglês?

Bom, vou elencar alguns motivos…

Aprendem de forma errada

Eu sempre digo que os estudantes de inglês no Brasil, que estudam com o método tradicional, não são praticantes da língua, e sim pesquisadores.

Isso porque pesquisam e estudam muito sobre o inglês, mas na hora de conversar tem muita dificuldade tanto no speaking, ou seja, no falar, quanto no listening, ou seja, no ouvir…

Aí, é claro que a comunicação fica prejudicada.

No meu ponto de vista, o principal motivo para isso acontecer é que basicamente os brasileiros, na hora de montar um curso de inglês anos atrás, foram para os Estados Unidos ou algum outro país que tem o inglês como língua nativa, e estudaram a metodologia de ensino do inglês para os próprios nativos.

Ou seja, foram nas escolas de inglês que davam aula de inglês para as pessoas que já falavam inglês. Falando assim, você pode não perceber a diferença… Mas, vou te fazer uma pergunta: como uma criança aprender a falar inglês, mesmo que nativo da língua?

Aprende ouvindo os outros falarem, repetindo o que ouviram sem medo de errar e praticando todos os dias e todas as horas o que aprendeu… Aí sim, depois de falar, é que ela vai para a escola aprender a escrever, as leis gramaticas e etc.

Então, na hora de escolher uma forma de estudar inglês, tome cuidado para não escolher um curso que te faça pesquisador de inglês, e não praticante do mesmo, ok?

Torna o estudo algo desmotivador

Esse item tem relação direta com o tópico anterior. Muitas pessoas optam pelo método de ensino tradicional, que citei na questão anterior, e acabam ficando de saco cheio com a escola, com os estudos, com o idioma.

Acham que aprender inglês é muito difícil, e vou falar melhor sobre isso daqui a pouco, que não vão conseguir aprender e que é melhor desistir.

Isso só acontece, você só se desmotiva, por estar estudando da forma errada. Então, procure formas de tornar o estudo de inglês algo mais motivador para você.

Encontre  um grupo de amigos para praticar, fazer uma aula de culinária em inglês toda a semana, por exemplo; ou então assista a um filme com legenda e áudio em inglês; vale também pesquisar na internet sobre algum assunto do seu interesse, porém em inglês…

Enfim, usando a criatividade tenho certeza que você encontrará várias formas de estudar inglês de uma forma prazerosa e motivadora.

Vale até mesmo soltar a voz em um karaokê na sexta de noite, depois do trabalho, ao cantar uma música em inglês…

A vergonha de errar é muito grande

Tem muitos brasileiros que relatam pra mim que já sofreram bullying por falar inglês errado, ou com um sotaque carregado. E, a partir dessa experiência, nunca mais quiseram falar inglês por medo de alguém rir dele novamente…

Não foram uma ou duas pessoas que me relataram isso, foram várias pessoas. Infelizmente esse tipo de situação continua acontecendo no Brasil, porém cada vez menos.

Se você passou por essa situação e se sente assim, pode ter certeza que não está sozinho nesse barco.

Mas também pode ter certeza que eu estou aqui para te ajudar a sair dessa situação, enfrentar seus medos e conquistar a fluência no inglês você também. 

Acredita que é difícil

Se você acredita que aprender inglês é difícil, você tem razão. E, se você acredita que aprender inglês é fácil, você tem razão também.

Isso acontece pois tudo que pensamos tem reflexo direto nas nossas ações. Então, se você pensa que é difícil estudar inglês, é isso que vai acontecer.

Por isso, se em algum momento sua mente quiser te enganar e te convencer que estudar inglês é difícil, mande esse pensamento pra bem longe e fale para você mesmo que aprender inglês é fácil, divertido e prazeroso, ok?

Então por hoje são essas dicas que eu tenho para te dar.

Se gostou, não esqueça de compartilhar com os seus amigos.

E, se tiver alguma dúvida sobre o que comentei aqui ou até mesmo outras dicas que queira compartilhar com a nossa comunidade, fique à vontade para comentar aqui no blog.

Abraços e até mais.