Inglês para negócios: como aprender?

Olá, hello!

How are you? Como você está?

Hoje é dia de falarmos sobre aprender inglês, porém com um foco diferente.

Muitos sonham com o dia em que serão fluentes em inglês e vão atrás desse sonho com unhas e dentes.

Porém, os motivos para que isso seja algo que eles sonham muito são bem diferentes um dos outros.

Alguns deles sonham com isso para que sejam promovidos, outros para conseguirem viajar mais e ter contato com diferentes culturas, enfim. São vários os motivos.

Mas, se você está pensando em aprender inglês com fins profissionais, então esse post é para você.

E, sobre esse assunto, o primeiro ponto que quero chamar a sua atenção é que muitas pessoas não percebem o quanto aprender inglês se diferencia de aprender inglês para negócios.

Então, quero falar com você sobre um assunto importante…

Digamos que você é um empreendedor do ramo alimentício, aí chega alguém falando termos técnicos relacionados ao mundo jurídico. Pode até ser que você entenda alguma coisa, mas o padrão é que muitas pessoas não entendam os termos técnicos de outras áreas. Isso em português mesmo, não estou nem falando do inglês.

Sendo assim, o mesmo acontece quando o assunto é inglês! Se você aprende o inglês do dia a dia, é esse o inglês que você conseguirá falar.

Agora, se está pensando em aprender inglês para conquistar novos objetivos profissionais, é muito importante que você busque estudar sobre o assunto, busque quais são os vocabulários mais usados profissionalmente falando na sua área.

Como no português tem muita coisa em inglês, pode até ser que no seu ramo de atividade muitas coisas sejam faladas da mesma forma.

Mesmo assim, é importante você se atentar para esse ponto: inglês profissional é diferente do inglês do dia a dia.

Então, você precisa estudar coisas diferentes para ser fluente nas duas partes.

E, o primeiro passo pra aprender o inglês profissional, é aprender o inglês do dia a dia.

Para isso, você pode dar uma olhada nesses posts que eu fiz falando sobre esse assunto:

E, se na hora que você estiver estudando esses conteúdos você sentir que não está tão motivado, lembre-se que aprender inglês pode impactar em muito o seu salário.

Uma pesquisa realizada pela Catho mostrou quais são os percentuais a mais que um profissional fluente em inglês pode ganhar em relação ao que não fala.

Para fazer essa comparação, eles também usaram os diferentes níveis hierárquicos dentro de uma empresa, e dá uma olhadinha nos números para você ver o quanto vale a pena aprender inglês (independentemente do se nível hierárquico dentro da empresa):

  • Diretoria: 18,29%
  • Gerência: 42,60%
  • Coordenação: 39,01%
  • Supervisão: 63,86%
  • Profissionais Júnior/Pleno/Sênior: 55,09%
  • Assistentes/Auxiliares/Operacionais: 18,51%

Já imaginou ter um salário 55% superior ao que você tem hoje? O que poderia fazer com ele? Muita coisa, não é mesmo? Tenho certeza disso!

Então, porque não começar agora mesmo a treinar o seu inglês voltado pra negócios?

Depois de aprender o inglês básico, chegou a hora de focar nas palavras ligadas ao seu mercado de trabalho.

Lembrando que quando eu falo inglês básico, estou falando que você precisa saber apenas as palavras mais usadas no inglês. Segundo a Lei dos Paretos, precisamos de 20% dos nossos esforços para ter 80% dos resultados.

E o mesmo vale para o inglês! Você precisa saber apenas 20% do idioma para ser fluente no inglês. Por isso, na hora de praticar o seu inglês, lembre-se que é muito importante você realmente ter contato com o inglês e todas as habilidades que precisam ser desenvolvidas.

Não adianta ficar só estudando o teórico, passar o dia grudado na apostila. O inglês é algo que precisa ser vivido, ser colocado em prática. Então, tenha contato diário com o inglês o máximo possível, depois você vai ver o quanto seu nível de inglês irá melhorar.

E quando falo ter contato, pode ser através de músicas, filmes, séries em inglês. Pode ser lendo um livro ou escrevendo um texto, ou email. Como também pode ser conversando com um nativo. Enfim, existem várias formas, o mais importante é você praticar e ter em mente que também precisa ter contato com o inglês profissional e usar as palavras relacionadas a sua profissão.

Já imaginou se as portas se abrem para você e então consegue começar a trabalhar em Londres ou em Orlando?

Ser fluente em inglês pode te abrir portas jamais imaginadas! Inclusive, pode te abrir portas para você mudar de profissão.

Afinal de contas, é possível ter uma qualidade de vida bem melhor fora do Brasil e trabalhando com funções que são desvalorizadas entre os brasileiros.

E aí, o que achou da ideia?

Se gostou desse conteúdo, não esqueça de compartilhar nas redes sociais e também enviar para os seus amigos que devem ler esse conteúdo. Quem sabe eles estão precisando de uma inspiração e você pode oferecer isso para eles através desse post.

Além disso, se você ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar alguma coisa comigo, fica bem a vontade para comentar aqui nesse post o seu ponto de vista sobre tudo isso, ok?

Ah, pode comentar aqui no post alguma dúvida que você possa ter em relação ao inglês. Qualquer dúvida, mesmo.

Estou fazendo uma série de post bem legal chamada “Pergunte ao gringo” e nela estou respondendo as principais dúvidas dos meus seguidores.

Está sendo bem legal, o feedback do pessoal está ótimo! Então, se você tem alguma dúvida, é só mandar. Quem sabe você é a próxima pessoa a estar aqui no blog, não é mesmo?

Abraços e até mais!