Estudar inglês na infância pode trazer benefícios ao cérebro

Olá, hello!

How are you today? Como você está hoje?

Bom, depois de escrever tantos posts sobre assuntos como dicas para acelerar o seu aprendizado de inglês, teorias do inglês, dicas práticas para você usar no dia a dia, hoje resolvi falar sobre algo um tanto diferente.

Claro que, como sempre, meu foco é o aprendizado de inglês… Porém, nesse post, o meu foco não são os adultos. São as crianças…

Não sei se você sabe, mas tenho três filhos lindos e que eu amo muito. Porém, eles não estão crescendo nos Estados Unidos. Atualmente, estamos morando em um país que fala inglês, mas nem sempre foi assim.

Como minha esposa é da Dinamarca, moramos lá por um bom tempo, e eles não tinham tanto contato com o inglês. Porém, como sou americano e também ensino o inglês, não tinha como deixá-los de fora dessa. Desde pequeno, testei com eles várias táticas para que eles, mesmo pequenos, já pudessem ter contato com uma segunda língua.

E eu me surpreendi todos os dias com eles… Pois as crianças têm uma facilidade gigante para aprender alguma coisa, e com um novo idioma não era diferente.

Inclusive, já ouvi relatos de outras famílias que, desde pequenos, e quando falo pequenos estou falando de 1 ano, dois anos, usam duas línguas para falar com a criança. O pai é americano e a mãe brasileira, por exemplo. Então, com o pai eles falam inglês, e com a mãe português.

Claro que no início a criança tem um pouco de dificuldade de diferenciar o que é inglês e o que é português, porém, ela já está falando duas línguas com dois ou três anos de idade.

Muitos pais acham que isso é forçar a barra, é demais para a criança. Porém, não é…. E não sou eu quem está dizendo isso, é um grande instituto de pesquisa do Reino Unido.

O instituto de pesquisas científicas Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) mostrou que as crianças que foram imersas no inglês por volta dos 10 anos de idade, tiveram benefícios em relação a estrutura do cérebro relacionadas à linguagem e presetvação de sua integridade.

Isso age diretamente contra o envelhecimento do cérebro, que é algo natural dos seres humanos, porém que também pode ser atrasado em relação ao tempo natural de envelhecimento.

Sendo assim, além dos milhares de benefícios que a gente já conhece do inglês, quando uma criança é exposta ao idioma como segunda língua, isso também ajuda a manter as propriedades do cérebro.

Essa conclusão foi possível pois o instituto analisou o cérebro de 20 indivíduos que tinham mais ou menos 30 anos de idade e que viveram na Grã-Bretanha por pelo menos 13 meses quando eram crianças.

Todos os materiais coletados nessa parte inicial, foram comparados com os resultados coletados de outros 25 indivíduos que não tinham passado pela mesma experiência.

Com essa comparação é que eles chegaram na conclusão da pesquisa.

Portanto, se você está com receio de expor seu filho em um segundo idioma, pode parar com esse medo agora mesmo. Pois não tem nada do que temer…

Aprender um segundo idioma vai ser algo fantástico para ele, e inclusive vai fazê-lo sair na frente em relação aos outros colegas de trabalho, quando ele chegar nessa fase.

E, claro, como estamos falando de criança, mais ainda a sala de aula não faz sentido nenhum para eles. Se você fizer isso, aprender inglês estará associado a algo chato, que eles não querem fazer.

Por isso, é muito importante que você busque formas divertidas de expor a criança ao inglês. E existem várias maneiras de fazer isso. Eu já falei sobre o assunto nesse post aqui: Como estimular seus filhos a aprender inglês.

Mas, mesmo assim, vou revisar alguns pontos importantes aqui com você.

Como fazer com que crianças tenham contato com o inglês

Como eu disse antes, tem várias formas de se fazer isso. E vou listar algumas delas aqui para você:

  • Assistir desenhos animados em inglês: se você procurar, vai ver que no Youtube tem vários desenhos em inglês. Qual desenho assistir varia muito conforme a idade, mas o que é realmente importante é você achar algum desenho que seu filho goste. Afinal de contas, nem sempre é fácil deixá-lo na frente da televisão;
  • Jogos em inglês: tem vários jogos de tabuleiro, por exemplo, que criança adora brincar. Porém, não é só em português que eles existem, não. Com a tecnologia a nosso favor, é possível encontrar online vários jogos em inglês para você comprar e desfrutar com a sua família;
  • Músicas em inglês: assim como o adulto, aprender inglês através da música também é muito divertido para as crianças. Por isso, coloque uma música legal para ela ouvir em inglês, cante e dance junto com ela, estimulando para que a criança cante junto com você.

Bom, essas foram só algumas dicas. Com certeza tem muitas outras, e você pode conferir mais delas no post Como estimular seus filhos a aprender inglês.

Outra dica legal para estimular seus filhos a aprender inglês, é começar a usar no dia a dia as palavras em inglês. Como por exemplo, quando for falar de acampamento ou de sobremesas.

Espero poder ter ajudado e que você, a partir de hoje, estimule seu filho, seu sobrinho ou qualquer outra criança que está no seu dia a dia a aprender inglês. Isso vai ser muito importante para elas e para toda a nossa sociedade.

Se você gostou do post de hoje, não esqueça de compartilhar com os seus amigos.

Abraços e até mais…

Bye, bye! See you…