Dicas de filme para treinar inglês no final de semana

Olá, hello!

How are you? Como você está?

Hoje é dia de eu te dar uma dica de filme para você treinar o seu inglês.

Muita gente, quando vê que eu foco bastante em dar dicas de séries, livros, filmes e afins para aprender inglês, me perguntam se eu realmente acredito que dá para aprender inglês desse jeito.

E sabe qual é minha resposta? Com certeza dá para aprender inglês desse jeito!

Na verdade, eu acredito que essa seja a melhor forma de aprender inglês!

Não sei porque, mas os brasileiros acham que só por serem adultos o aprendizado de inglês tem que ser algo chato. Sei que não é consciente esse pensamento, mas se você for parar para reparar é exatamente isso que acontece! Aprender inglês é chato…

Afinal de contas, são poucas as pessoas que gostam de aprender inglês trancados em uma sala de aula, acompanhados de uma apostila e muito estudo de gramática. E aí tá outro ponto que torna o estudo de inglês algo muito chato no Brasil…

Por qual motivo você acredita que precisa saber de todas as regras gramaticais para poder começar a praticar o seu inglês?

Afinal de contas, quando somos crianças, primeiro a gente aprende a falar, e depois vamos estudar o idioma na escola, ou seja, só depois vamos estudar a gramática.

Então, porque quando adultos não podemos seguir essa lógica também?

Sendo assim, o convite que eu quero deixar para você aqui hoje é que você comece a perceber que estudar inglês não precisa ser chato. Muito pelo contrário, dá para ser muito divertido…

Dá para você aprender inglês de várias formas, e todas elas bem divertidas!

Você pode aprender inglês vendo série, vendo um filme que gosta, como também pode aprender inglês pesquisando sobre um assunto que é fã, ou quem sabe escrevendo uma poesia. Enfim, deixe sua imaginação fluir e encontrar um jeito que faça sentido para você. Um jeito que você goste de aprender inglês e que fique muito mais fácil para você aprender esse idioma.

Claro que no começo você pode ter um pouco de dificuldade de entender o que está lendo, ou o que está sendo dito na série. Mas, nesses momentos, o mais importante é você não desistir e continuar buscando a melhor forma de aprender aquilo.

Com o tempo as coisas vão ficando mais fáceis, pois você vai aprendendo, entendendo as coisas pelo contexto e por aí vai.

E, como disse antes, um jeito de fazer isso é através dos filmes… E tem muitos filmes maravilhosos em inglês, de todos os tipos de assunto.

Aqui no blog, inclusive, já dei várias dicas de séries que você pode assistir para aprender inglês.

Dá uma olhada em algumas delas:

Mas, depois de te dar tantas dicas de série, eu resolvi parar um pouco aqui e escrever para você sobre um filme muito bacana. E o nome do filme é “Her”.

É um filme que nos faz refletir sobre o poder das máquinas em nossas vidas, uma ficção porém com muita realidade. Um filme que fala sobre o futuro, mas que também tem pontas do passado. E que fala do futuro, mas sem ter aquelas ideias de que o mundo será dominado por máquinas ou então dos carros voando de um lado para o outro. Ele fala de um futuro onde as máquinas irão se relacionar com os humanos a tão ponto de nos relacionarmos com elas como se fossem pessoas como a gente.

Digo isso pois, o mote da história, a história central, é baseada na vida de um homem que se apaixona por uma máquina, um sistema operacional inventado por outras pessoas, mas que, com o tempo de uso, foi melhorado e se aperfeiçoando para ele, para atingir e cumprir com todos os seus desejos e vontades.

O sistema se torna tão complexo que os dois acabam namorando (o humano e a máquina) e com isso vem vários pontos importantes para se refletir.. Afinal de contas, eles brigam, fazem sexo, saem com os amigos, como se fosse um casal real, ambos de carne e osso. Mas, na verdade não são.

Com esse filme, além de aprender inglês com um diálogo fácil de ser interpretado e entendido, você também vai poder refletir sobre a sua vida e a influência que a tecnologia pode ter na sua vida.

Será que ela está passando do limite? Ou será que ela está num limite aceitável? Pare e reflita! Responda essa pergunta para você mesma e perceba se não está precisando sair mais um pouco para a rua e curtir seus amigos reais.

O mundo virtual pode ser muito bom, como também pode ser muito ruim. Depende do ponto de vista…

E esse tema também é abordado no filme. Afinal de contas, o personagem principal tem uma amiga que também se apega por um sistema operacional que nem é dela, sendo assim ela entende o fato do amigo se apaixonar pelo seu sistema operacional. E, do outro lado, a história também trás a ex-mulher do personagem principal, que acha a história um absurdo e se irrita, pois ela sempre soube que o ex gostava de fugir das emoções e dos problemas, então, essa relação “de mentira” realmente era a ideal para ele.

Ah, e tem mais uma coisa… O final dessa história é bem surpreendente! Não fique esperando um final feliz como na maioria dos filmes… Bom, na verdade o final até pode ser feliz! Depende do ponto de vista..

Então, que tal você assistir o filme? Depois me diga o que achou…

E, se quiser, vale a pena compartilhar esse post com os seus amigos e também chamar eles para participarem dessa “sessão de cinema” com você.

O filme está disponível no Netflix, ok?

Uma ótima diversão para você e até mais!

Bye… See you!