Como fazer uma tradução juramentada?

Olá, hello!

How are you? Como você está?

Pode até ser que você já tenha ouvido falar em tradução juramentada, mas você sabe o que é isso?

Se você precisa fazer uma tradução juramentada ou quer saber mais sobre esse assunto, o post de hoje é para você!

Então, leia até o final que você não vai se arrepender.

Bom, a primeira coisa que gostaria de explicar é: o que é uma tradução juramentada? 

Então, vamos lá…

Essa é uma tradução feita por Tradutor Público e Intérprete Comercial e tem todo um trâmite diferente pois normalmente é feita em cima de um documento que é usado oficialmente no lugar em que está sendo pedida a tradução.

Por isso, para que essa tradução tenha validade, ela precisa ser feita por um tradutor público e também registrada em cartório, ou seja, ter a firma reconhecida.

Normalmente, essas traduções juramentadas são solicitadas quando alguém quer fazer uma transferência de escola ou faculdade, quando quer casar fora do país ou qualquer outra situação que exija a apresentação do documento traduzido ao juiz, como por exemplo uma sociedade de uma empresa e afins.

Sendo assim, não são todos os casos que exigem uma tradução juramentada. São apenas casos específicos, como esses que eu acabei de citar.

E, se você está passando por algum desses casos e não sabe ao certo como fazer a tradução juramentada, vou te ajudar nesse assunto.

Como fazer uma tradução juramentada?

A primeira ação que precisa ser feita para conseguir uma tradução juramentada é encontrar um tradutor público, ou mais conhecido como tradutor juramentado.

Ao contrário do que você possa imaginar, além de ter conhecimentos profundos sobre os idiomas em que esse profissional é responsável em traduzir, ele também precisa passar em um concurso público. Isso mesmo, a tarefa não é fácil para ele! hehehe

Só depois de passar nesse concurso público é que ele está pronto para poder agir como um tradutor juramentado.

E, se você está se perguntando como descobrir quem são esses profissionais, eu tenha a resposta.

Para encontrar o tradutor juramentado mais próximo de você, é necessário entrar no site do SINTRA, que é o site do Sindicato Nacional dos Tradutores, e encontrar o tradutor que está perto de você e que também traduz para o idioma que você precisa.

Preste atenção que nesse link ali de cima, tem duas caixas de pesquisa. O primeiro é para os tradutores filiados ao Sindicato. Nessa lista você vai encontrar todos os tipos de tradutores.

Porém, é só na segunda caixa que você encontrará as ferramentas para encontrar o tradutor juramentado que você precisa.

Quanto custa fazer uma tradução juramentada?

Essa é uma outra pergunta bem comum entre as pessoas que buscam uma tradução juramentada. E a resposta pra essa pergunta é: depende!

Como não existe no Brasil uma lei que regulariza esses valores, as tabelas usadas pelos profissionais são diferentes.

Mas, o que posso te adiantar é que normalmente são valores bem altos. Então, prepare o seu bolso! hehehe

Alguns países não precisa de tradução juramentada

Eu estava pesquisando sobre o assunto e descobri que desde 2016, para uma lista de 111 países, o Brasil não exige mais a tradução juramentada de alguns documentos.

O que definiu isso foi a “Convenção de Apostila de Haia” e vai ser aplicado em vários documentos, como certidões de casamento, sentenças judiciais e documentos escolares.

Então, se você quiser saber mais sobre o assunto, é só pesquisar sobre a Convenção de Apostila de Haia que você encontrará o que precisa.

E se não encontrar tradutor juramentado no meu estado?

Nesse caso, você terá que entrar em contato com a Junta Comercial do seu estado e solicitar o “ad hoc”.

Então, a partir da sua solicitação, o estado irá pedir a documentação necessária para autorizar um tradutor que não é juramentado para fazer a tradução que você precisa.

Esse é um caso bem específico, que tem bastante burocracia por trás, além de ter bastante gasto financeiro.

Por isso, se você quiser evitar essa situação, vale também procurar a representação diplomática do país onde o documento foi emitido. Assim, pode ser que eles consigam encontrar uma outra solução mais fácil para você.

Bom, o assunto de hoje foi bem mais complexo do que os assuntos dos outros posts, não é mesmo?

Mas, esses também são assuntos importantes para quem está estudando inglês e buscando soluções para conseguir praticar o inglês no seu dia a dia.

E, falando em praticar o inglês, que tal acessar alguns posts aqui no blog onde dei dicas sobre esse assunto?

Pode ter certeza que eles serão bem mais leves do que o post de hoje… hehehe

Então, dá uma olhada nos links:

Tenho certeza que esses posts vão te ajudar a treinar o seu inglês de um jeito divertido e muito mais fácil do que muitas pessoas dizem por aí.

Então, por hoje é isso…

Se você gostou do post e sabe de alguém que precisa saber mais sobre esse assunto, pode compartilhar com ele. Vou adorar saber que consegui ajudar muitas pessoas com o post de hoje!

Além disso, vou adorar saber que conseguir te ajudar com alguma dúvida que possa estar te impedindo de continuar evoluindo no aprendizado de inglês.

Por isso, se você tiver alguma dúvida que eu possa te ajudar em relação ao inglês, comente aqui nesse post do blog.

Vou adorar te ajudar, afinal de contas, minha grande missão nesse momento é fazer com que o máximo de brasileiros aprendam inglês.

Conte comigo!

Abraços e até mais…

See you!