Como escolher um professor de inglês?

Olá, hello…

How are you? Como você está?

Final do ano está chegando e a gente sabe que com ele vem várias promessas, não é mesmo?

Tem gente que promete emagrecer, promete fazer alguma coisa diferente do que fez esse ano, promete começar a fazer exercício físico… E também tem gente que promete que vai começar a estudar inglês!

Aí, chega essa época do ano e fica super empolgado com isso… Começa a ir atrás de cursinhos, pesquisa na internet a melhor forma de aprender inglês… E está certíssimo, tem que pesquisar mesmo.

Só que nessa ansiedade de fazer acontecer logo antes que a empolgação passe, tem muita gente que acaba indo pelo caminho comum, pelo caminho mais fácil… E muitas vezes é esse caminho que acaba te fazendo desistir.

Por isso, no post de hoje, quero te ajudar a pensar em como escolher um bom professor de inglês, uma boa metodologia de ensino, algo que realmente te ajude a atingir os seus objetivos em relação ao aprendizado de inglês.

Como eu disse antes, tem muita gente que na ansiedade de responder logo ao seu anseio de aprender inglês, acaba se inscrevendo num daqueles cursos tradicionais de inglês em que você estuda muito a teoria e foca pouco na prática. Por causa disso, você tem que ficar anos estudando inglês e quem sabe até nem aprender o idioma de verdade.

Isso pesa no bolso e pesa também na sua motivação em aprender esse novo idioma… O que te faz desistir.

E eu digo isso não é da boca pra fora.. Eu digo isso em cima da minha própria experiência! Quando quis aprender português, me matriculei em um desses cursos e sabe qual foi a primeira coisa que eu aprendi a falar em português?

Estou de saco cheio! Sim… foi essa a primeira frase, pois era exatamente assim que me sentia! Era muuuita teoria em cima de teoria… Eu já estava ficando entediado e com vontade de desistir de aprender o português.

Mas, pensei comigo… Deve existir outra forma de aprender esse idioma! E, depois de muito quebrar a cabeça, consegui desenvolver uma forma divertida e rápida de aprender um idioma e é essa metodologia que hoje compartilho com você.

Essa metodologia que me fez ficar fluente em 5 idiomas diferentes também…. E se isso aconteceu comigo, pode acontecer com você também. Eu não sou nenhum gênio, não tenho QI elevado… Eu apenas encontrei a metodologia certa.

Por isso, dentro desse quesito, quero compartilhar com você algumas dicas muuito importantes na hora de você escolher um professor para te ensinar inglês.

Então, vamos lá…

Prefira professores nativos

Eu sei que tem vários professores que não são nativos e que falam inglês muito bem, que dominam o idioma muito bem.

Porém, como você ainda não domina o idioma, é difícil para você avaliar bem quem fala como um nativo e quem não fala.

Então, para evitar esse tipo de situação, minha dica é para que você prefira ter aula com professores nativos de inglês.

Assim, você terá certeza que o seu aprendizado está certo e também é voltado para o dia a dia mesmo do inglês.

Muitas vezes, os professores ficam tão focados na teoria, que esquecem da prática. O resultado disso é que, quando esses alunos vão até outro país que tem o inglês como idioma nativo, eles não entendem o que as pessoas estão falando e não conseguem se comunicar, mesmo que nas aulas de inglês eles estivessem se dando muito bem no aprendizado.

E hoje em dia não temos mais barreiras físicas para ter contato com outras pessoas. Você pode estar no Brasil e esse professor estar nos Estados Unidos, por exemplo, que não tem problema nenhum.

Não sobrecarregue seu dia a dia com as aulas

Você pode, por exemplo, escolher fazer aulas particulares de inglês. Isso pode até ser muito bom, mas já imaginou se você tem um imprevisto e não conseguirá ir até o local onde a aula foi marcada? Ou então não poderá estar presente naquele momento?

Nossa vida não é algo que segue 100% do nosso planejamento, não é mesmo?

Além disso, outras opções de escolas fazem com que você também tenha um horário padrão.

Sendo assim, em termos de horário, bom mesmo é quando você consegue flexibilizar os horários da forma que você quiser, sem depender de terceiros. E isso vai acontecer se você fizer um curso online de inglês.

Então, se você quiser fazer esse curso, minha dica é para você continuar acompanhando os posts do blog, se inscrever na nossa newsletter e assim que sair mais novidades, você ficará sabendo, ok?

Enquanto isso, vale também dar uma lida em outros posts aqui do blog:

Bom, por hoje é isso…

Se você tiver alguma dúvida em relação ao aprendizado de inglês, pode comentar aqui no blog, ok? Será uma alegria para mim tirar a sua dúvida, responder a sua questão…

E se gostou do post de hoje, não esqueça de compartilhar com os seus amigos, sua rede de relacionamento e etc.

Abraços e até mais… See you!

Bye, bye….