Como começar a falar em inglês do jeito mais fácil?

Olá, hello!

How are you today? Como você vai hoje?

Eu estou muito bem e, não sei se você me conhece, mas vou me apresentar. Meu nome é Kevin, eu sou nativo dos Estados Unidos, e minha missão de vida e fazer com que o máximo de brasileiros possam ser fluentes em inglês.

E, pra conseguir isso, eu criei uma metodologia de ensino que te ajuda a aprender inglês de um jeito fácil e divertido. Milhares de alunos já fizeram os meus cursos e aprenderam inglês até mesmo em seis semanas.

Claro que isso foi uma exceção, foi o caso de uma pessoa que se dedicou muitas horas por dia para estudar inglês, e nem todo mundo tem essa disposição, não é mesmo?

Mas, independente disso, você pode ficar fluente em inglês de um jeito mais fácil se usar a metodologia certa de aprendizado.

Eu digo isso com muita certeza pois foi o que eu mesmo passei na pele quando quis aprender português.

Assim como a maioria das pessoas fazem, eu imagino, quando a gente quer aprender um novo idioma, vamos até uma escola de ensino e nos matriculamos em uma turma com o objetivo de aprender esse idioma, não é mesmo?

Foi o que eu fiz quando quis aprender português. Me matriculei em uma escola de português e logo fiquei de saco cheio. Fiquei tão de saco cheio que essa foi a primeira expressão que aprendi a falar no português: saco cheio!

Então, ao perceber que aquilo não estava dando certo para mim, eu resolvi que começaria a aprender português em casa, sozinho, por minha conta e risco. E foi a melhor decisão que tomei na vida…

Em 4 meses, eu já estava fluente em português.

Claro que quando falo fluente, quero dizer que eu já conseguia me comunicar com as pessoas, isso não quer dizer que eu sabia de todas as palavras, todas as regras gramaticais do inglês.

E acredito que aí entra um dos grandes problemas das metodologias de ensino tradicional. Quando você aprende inglês em uma escola tradicional, eles ficam muito focados em te ensinar as regras gramaticais e vocabulários que muitas vezes os nativos nem usam no dia a dia.

Focam demais na teoria, e esquecem a prática. Mas, a verdade é que essa metodologia de ensino é usada pra ensinar inglês aos americanos, que já falam inglês e sabem como se expressar nesse idioma, afinal de contas é o seu idioma nativo.

Mas, agora, imagina você usar essa mesma metodologia de ensino para quem aprenderá um segundo idioma e que não sabe nada sobre ele ainda? As chances de dar errado são muito grandes.

E é o que acontece no Brasil com as vários alunos que se matriculam numa escola tradicional de inglês e ficam 10 anos, às vezes até mais, estudando inglês e, quando precisam usar o que aprenderam, percebem que não sabem se comunicar com um nativo.

Então, se você quer ser fluente em inglês de um jeito mais fácil do que esse, que já está bem batido, dá uma olhadinha nessas dicas que eu tenho pra te dar.

Procure uma metodologia de aprendizado que faça sentido para você

Tem pessoas que aprendem melhor escrevendo, outras que aprendem melhor ouvindo. Tem algumas que rendem mais quando tem alguém te cobrando para fazer as coisas, outras que preferem fazer tudo do seu jeito e do seu tempo.

Enfim, o que eu quero dizer com isso é que, para você aprender de um jeito fácil, você tem que entender o que faz sentido para você.

Para muitas pessoas, é muito mais fácil aprender alguma coisa na prática, do que na teoria. Sendo assim, é muito mais fácil aprender inglês vendo uma série, um texto, escutando um áudio ou até mesmo conversando com algum nativo, do que investir essas horas para ficar trancado em uma sala de aula acompanhado de uma apostila.

Então, pare por alguns minutos e se questione: qual é a forma em que você aprende melhor?

Estando em uma sala de aula ou tendo a liberdade de estudar onde e como quiser? Vivendo na prática o que acabou de aprender ou então ficando só na teoria? Aprendendo assuntos que você realmente vai usar, ou aprendendo coisas difíceis que raramente você usará?

São essas respostas que vão direcionar o seu método de aprendizado. Se você preferir ter liberdade para estudar quando e onde quiser, aprender coisas que realmente usará e focar bastante na prática, eu fiz um curso ótimo para você.

Dá uma olhada nesse post que você vai entender melhor: Kevin: Você Tem Um Curso ou Só Videos no YouTube?.

Tenha uma meta, uma motivação definida

Você quer muito aprender inglês, ok! Mas, qual é o motivo que está escondido por trás dessa sua vontade de aprender inglês?

É uma viagem que quer fazer, uma melhor oportunidade de emprego? O que é? Responda essa pergunta e, depois de respondido, tenha sempre essa resposta bem clara na sua mente.

É ela quem irá te motivar a aprender inglês de um jeito bem fácil e também irá te manter focado para aprender inglês mais rápido.

Além disso, é bacana você mesmo definir uma meta de quando por exemplo quer ficar fluente em inglês, ou qualquer outra meta que faça sentido para você. Essa meta tem que ser muito bem definida, com data certa e com algo que possa ser mensurável.

Por exemplo, até o dia 02/03/2018 eu quero passar no exame do TOEFL. Então, dessa forma, quando chegar o dia você saberá dizer com precisão se cumpriu sua meta ou não.

Então, é isso que eu tenho para compartilhar hoje com você sobre o assunto. Se você quiser se aprofundar um pouco mais em tudo que conversamos, dá uma olhada nesses post:

Mais uma vez, muito obrigado pela sua companhia e não esqueça de compartilhar com os seus amigos o post de hoje.

Abraços e até mais, see you!