Cerimônia de Casamento em Inglês

Olá, hello!

How are you today?

Como você está hoje?

Bom, hoje resolvi falar sobre um assunto diferente das regras gramaticas, vocabulários e afins.

Uma aluna minha foi convidada para o casamento de uma amiga dela nos Estados Unidos e ficou curiosa para saber como seria a cerimônia, se é parecida com a do Brasil e etc.

Achei essa pergunta muito interessante, por isso resolvi compartilhar com você como essa cerimônia acontece nos Estados Unidos.

Mas, se você quiser estudar um pouco sobre gramática e vocabulários, o que não falta aqui no blog são posts sobre isso.

Por isso, te sugiro dá uma lida nesses posts aqui:

Esses são alguns dos últimos posts que escrevi sobre o assunto. Tenho certeza que você vai aprender muitas coisas novas lendo esses posts.

Mas não vai ficar gastando seu tempo decorando e passando horas estudando tudo que te passei nesses posts, tá? Lembra que a teoria é muito importante, mas sem a prática não vale de nada. Afinal de contas, é a prática que vai te ajudar a lembrar da teoria.

Então, dá uma estudada, revisa, estuda da melhor forma que você conseguir, e depois vai que vai na prática. Vendo um filme, uma série, lendo um texto, escrevendo, ou até mesmo conversando com um gringo.

Como as histórias de amor começam

Uma das coisas legais da internet é que agora não existe mais barreiras para nos separar… Então, não importa onde você esteja, tendo internet e um dispositivo que se conecte com ela, você pode entrar em contato com qualquer outra pessoa do mundo que também tenha essas condições.

Falando em internet, é por ela que muitos casais se conhecem e começam sua história de amor. Tá cada vez mais comuns casos de famílias que iniciaram a partir de um aplicativo ou site de namoro.

E, nos Estados Unidos isso não é diferente. Seja americano com americano, ou americano com um estrangeiro, enfim… É muito comum conhecermos casais que começaram a namorar pela internet, muitas vezes sem nem ter se visto pessoalmente.

Mas, independentemente de como dois pombinhos se conheceram, quando o assunto é casamento, a cerimônia é sempre a mesma. Ou melhor, basicamente a mesma… Pois nenhuma cerimônia é 100% igual a outra.

Cerimônia de casamento nos Estados Unidos

Então, vamos para o assunto de hoje: cerimônia de casamento nos Estados Unidos.

Bom, tem muita coisa que é bem parecida com a do Brasil… A começar por quem oficializa ou celebra o casamento.

Pode ser um pastor, padre, ministro, e até mesmo um juiz de paz ou uma pessoa especializada nisso. Não sei se você já notou, mas tem vários filmes e séries em que os próprios familiares celebram o casamento de alguém da família.

Isso acontece pois ele conseguiu tirar um certificado que autoriza ele a fazer essa cerimônia. E uma das séries em que isso acontece, eu já citei aqui no blog, é a série The Fosters, que conta a história de um casal homossexual que convivem com seus filhos biológico e adotados.

A série é muito legal, vale a pena assistir. Inclusive, a Jenifer Lopez é uma das produtoras da série. Dá uma olhada no post que escrevi sobre esse assunto:

Bom, independentemente de quem for essa pessoa, o nome do responsável por oficializar a união, em inglês, é officiant. 

Normalmente, ele também é o responsável por dizer algumas palavras de inspiração sobre o casamento, sobre as dificuldades e alegrias que os dois passarão juntos e sobre a vida vivida em casal.

Apesar dessas características e dessa liberdade de cada officiant dizer o que achar melhor, existe algumas partes da cerimônia que são padrões, assim como no caso do Brasil.

É o exemplo dessa parte aqui, dá uma olhada:

Dearly Beloved, we are gathered here today in the presence of these witnesses, to join ______ and ______ in matrimony commended to be honorable among all; and therefore is not to be entered into lightly but reverently, passionately, lovingly and solemnly. Into this – these two persons present now come to be joined. If any person can show just cause why they may not be joined together – let them speak now or forever hold their peace.

Traduzindo, ele está dizendo que todos estão presentes para celebrar a união da pessoa x e da pessoa y e que se alguém tiver alguma coisa contra essa união, que fale agora ou cale-se para sempre.

Bem parecido com o que o padre brasileiro fala, né?

E, assim como no Brasil, os americanos também fazem votos um para o outro. Esse voto pode ser especial, feito pelo casal, ou então pode ser um voto padrão também. O padrão seria mais ou menos assim:

I, ______, take you ______, to be my wife/husband, to have and to hold from this day forward, for better or for worse, for richer, for poorer, in sickness and in health, to love and to cherish; from this day forward until death do us part.

Que, traduzindo, diz que a pessoa aceita a outra na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, até que a morte os separe.

Os votos em inglês pode ser chamado de the wedding vows. 

E, após os votos, chegou a hora de trocar as alianças, the exchange of rings.

Nessa hora, os mais derretidos já estão em lágrimas esperando apenas pelo momento final, a hora em que o officiant diz:

 “I present to you Mr. and Mrs. ______.” 

Aí, isso é sinal que a cerimônia religiosa acabou e, quem sabe, está na hora de ir para o jantar e festa de comemoração. A parte em que os convidados mais gostam e que, se você estiver presente em um casamento americano, é uma ótima hora para conhecer novas pessoas e fazer novas amizades.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre a cerimônia de casamento americana? É bem parecida com a brasileira, né?

Bom, por hoje é isso! Abraços e até mais…