Aprenda inglês mais rápido e de qualidade

Olá, hello…

How are you? Como você está?

Espero que além de você estar muito bem, você também esteja mantendo sempre a atitude positiva diante dos estudos de inglês. Falo isso pois, muitas pessoas chegam até mim dizendo que querem desistir de aprender inglês, que já passaram por vários cursos e eu sou a última esperança deles.

Eu entendo você, caso esteja passando por essa situação, afinal de contas, os cursos tradicionais são bem chatos mesmo e não nos ajudam a manter essa atitude positiva diante do estudo de inglês. E eu falo isso com muita propriedade, afinal de contas eu comecei a estudar português numa escola tradicional de idiomas e não aguentei por muito tempo.

Quando saí de lá, me toquei que aprender um novo idioma não é algo que se aprende de um jeito chato, trancado em uma sala de aula com um monte de livros. Um idioma é algo vivo, carregado de cultura, de história… Então, a melhor forma de aprendermos tudo isso é na prática mesmo.

Claro que a teoria é muito importante, e por isso que eu estou fazendo o post de hoje. Praticar o inglês é fundamental, mas se você não souber a teoria, não saberá o que praticar. Então, para tornar esse estudo algo mais legal, mais divertido e consequentemente mais fácil de ser aprendido, eu vou compartilhar com vocês algumas dicas bem bacanas. Elas deram certo comigo e com milhares de estudantes, então vai dar certo para você também.

Falando em aprender inglês fácil e rápido, vou compartilhar com você outros posts que eu fiz e que irão te ajudar nessa meta de ficar fluente em inglês o mais rápido possível:

Ah, e falando sobre aprender inglês rápido, reforço que cada um tem seu tempo de aprendizado. Então, se o seu amigo ficou fluente em inglês em 4 meses, por exemplo, isso não quer dizer que você também vai ficar fluente nesse período. Cada um tem seu jeito de aprender e, consequentemente, o seu tempo de aprendizado. Mas, seguindo a metodologia certa, tenho certeza que você aprenderá inglês bem rápido.

E, sobre metodologia, é isso que eu quero te passar sempre nos meus posts do blog e em todo o material que produzo para você. Inclusive esse de hoje, onde vou te passar dicas para aprender inglês mais fácil, vamos lá?

Busque significado em tudo que estudar

Quando falo significado, não estou falando da tradução da palavra, não, tá bom? Estou falando de você buscar algo a mais, algo que seja importante para você, e que facilite o seu estudo e a sua memorização.

Então, dentro disso, quero que você responda sinceramente para você mesmo essa pergunta: qual o motivo que te leva a querer ser fluente no inglês?

A resposta para essa pergunta é fundamental para te manter motivado e focado nos estudos. E, se ela não for boa o suficiente para te manter na linha, é porque na verdade esse motivo não é tão forte.

Já imaginou se você recebe uma ligação agora dizendo que tem uma oportunidade de emprego dos seus sonhos em Orlando? Porém, você precisa ser fluente em inglês e você tem apenas 4 meses para aprender? Tenho certeza que você vai dar um jeito de aprender, não é mesmo?

Então, essa é a lógica dessa dica que eu tenho para te dar… E, depois que você identificar um motivo bem forte que te leve a querer aprender inglês, não esqueça de traçar metas e realmente cumpri-las. Isso vai te ajudar a seguir esse caminho com mais facilidade.

Comece pelo mais fácil

Claro que, para nos mantermos motivados no estudo de inglês, um pouco de desafio é importante. Mas, o contrário também é perigoso. Por isso, não queira começar os seus estudos logo pelo conteúdo mais complexo.

Comece pelo básico e vai se aprofundando, sem ter pressa para pegar logo o conteúdo mais difícil. A fluência no inglês, na verdade, não é feita de palavras e regras complexas. Se você dominar o básico, já saberá se comunicar muito bem com os fluentes e nativos dessa língua.

Então, não se preocupe demais com as regras gramaticais e vocabulários mais densos. Foque no básico e aos poucos vã aprofundando o seu conhecimento.

Saiba qual é o seu canal de aprendizado

Quando falo de canal de aprendizado, estou falando dos canais de percepção: visual, auditivo e cinestésico.

O que quero dizer com isso? Quero dizer que tem pessoas as quais aprendem mais fácil através do canal visual, outras pelo som e outras pelo toque. E você, qual é o seu canal?

Isso é bem importante para que você saiba como otimizar os seus estudos, afinal de contas não faz sentido você ficar estudando por um livro se você é mais auditivo do que visual. Nesse caso, o melhor é estudar com um podcast, por exemplo.

E essa também é uma das vantagens de você poder estudar online, afinal de contas você estuda da forma que melhor se encaixe no seu dia a dia e no seu perfil. Diferente de cursos tradicionais, que te obrigam a seguir a metodologia deles.

Se você quer entender um pouco melhor sobre esse assunto, dá uma olhada nesse post: Descubra Como Aprender Inglês do Seu Jeito e Mais Rápido.

Então essas são as três dicas que eu tenho para te ajudar a aprender inglês mais rápido e de qualidade. Espero que tenha gostado…

Não esqueça de compartilhar esse post com os seus amigos, hein? Tenho certeza que eles vão adorar saber que você lembrou deles e quer ajudá-los a atingir a fluência no inglês também.

E, se ficou alguma dúvida, é só comentar aqui no blog. Quem sabe você é o próximo a ter sua pergunta respondida no “Pergunte ao Gringo”, não é mesmo?

Mais uma vez, muito obrigado pela sua companhia e até mais!

See you… bye, bye!