Acredite em você, depois no método

Olá, bom dia!

Hello, good morning… How are you? Como você está?

Bom, se você está lendo esse post, com certeza está estudando inglês e sonha com o dia em que será fluente em inglês.

E eu sei que com essa fluência vem muita coisa junto…. Novas oportunidades de emprego, novos horizontes para a sua própria empresa, viagens que podem ser feitas sem maiores dificuldades, pessoas do mundo inteiro que você pode conhecer e conseguir se comunicar com elas… Enfim!

Como o inglês é uma língua universal, a gente sempre vai ter muitos benefícios por saber falar essa língua, que já não é mais um diferencial, e sim algo que cada vez mais é exigido no mercado de trabalho.

Mas, se você está estudando inglês, eu te faço uma pergunta: você já parou para pensar no seu método de aprendizado? Tem muitas pessoas que seguem o padrão, o comum, e nem se questionam sobre a efetividade disso para ela mesma…

Eu sou um exemplo disso. Quando quis começar a aprender português, me matriculei em uma escola tradicional de ensino de português e achei que estava fazendo o certo. Porém, em pouco tempo eu já percebi que aquilo não era para mim e acabei largando a escola.

Mas, o fato de eu largar a escola de português, não me fez parar de estudar português. Muito pelo contrário, depois que isso aconteceu, eu comecei a procurar formas de colocar o português no meu dia a dia e foi isso que me fez aprender o idioma de um jeito fácil, rápido e sem maiores dificuldades.

Para mim isso deu muito certo, tanto que estou hoje aqui escrevendo esse post para você, fazendo os vídeos no Youtube e etc. Tudo isso em português…

Só que eu também preciso dizer que para algumas pessoas que estavam lá comigo estudando português dentro de uma sala de aula, aquela também era a situação ideal para elas. Com o método que eu não consegui aprender português, elas conseguiram.

Por isso eu estou escrevendo esse post para você. Pois, o mais importante na hora de você aprender inglês, é perceber como está o seu desempenho com aquele método de aprendizado, e confiar em você mesmo. O método acaba ficando em segundo plano.

Mas, aí vem aquela pergunta: como vou saber se o método que estou usando está dando certo para mim? Como vou conseguir desenvolver em mim a percepção de que algo está dando certo ou não? Como vou confiar em mim mesmo para conseguir dizer que um método tá sendo efetivo ou não?

E é sobre isso que quero falar com você agora… Vou te dar algumas dicas que irão te ajudar nesse assunto.

Não diga que é ruim antes de testar

Sabe aquele caso que alguém te fala que aprendeu inglês vendo série e você acha aquilo impossível? Então, não fale isso antes de testar… Não diga que algo não vai funcionar, antes de você realmente colocar em prática.

Ser humano tem muito disso, né? De falar as coisas antes de colocar em prática… Se você faz isso, fica tranquilo pois não está sozinho. Mas, tente também se controlar para não fazer isso e começar a colher os frutos que essa atitude pode te trazer.

Realmente, tem coisas que podem não funcionar para você. Mas, você também pode se surpreender e perceber que aquilo que você imaginava ser muito difícil para aprender inglês, é mais fácil do que imaginava.

Não existe método ruim, existe métodos que servem para você e os que não servem.

Faça uma análise crítica do que está dando certo ou não

Como eu falei antes, tem método que pode dar certo para você e tem método que pode não dar certo para você. Por isso, é muito importante que você tenha uma análise crítica do que está desenvolvendo.

Começou a ver uma série com o objetivo de aprender inglês, analisa se realmente está aprendendo com aquilo. E se não está aprendendo, o que te fez ter dificuldade de aprendizado? Será que você assistiu a série sem legenda e isso dificultou o seu aprendizado? Se for isso, coloca uma legenda em inglês e tenta assistir novamente…

Ou então, está fazendo um curso de inglês, mas percebeu que ele não está sendo efetivo pela falta de prática? Então busque formas de praticar esse inglês. Vale até mesmo convidar os seus colegas de aula para juntos praticarem esse inglês através de uma conversa, ou até mesmo fazendo juntos alguma atividade em inglês.

Vale a pena montar um grupo de conversação, enfim… São várias estratégias.

Confie em você mesmo

Tem muita gente que acaba desistindo de estudar inglês por não acreditar no seu potencial de aprendizado. No lugar de gastar tempo procurando formas de aprimorar o seu aprendizado, fica pensando que não nasceu para isso, que é muito difícil aprender inglês e gastando energia nisso.

Sabe qual é o resultado disso? A pessoa realmente acaba desistindo de estudar inglês. Então, para que isso não aconteça com você, procure formas, estratégias, para alavancar sua confiança e sua autoestima.

Pense que você é capaz de conseguir fazer essa análise crítica que falei anteriormente e que você pode, sim, aprender inglês de um jeito fácil, rápido e divertido. Que você tem potencial para conquistar os seus sonhos e as suas metas.

Com certeza, isso já é meio caminho andado. Nossa mente pode ser nossa melhor amiga, ou nossa pior inimiga.

Depende de como você vai deixar que ela te leve. Então essas são as minhas dicas de hoje, gostou? Acha que faz sentido para você? Espero que tenha te ajudado de alguma forma.

Mais uma vez, muito obrigado pela sua companhia e até mais.

See you… Bye, bye!